Fórum Mundial de Educação – lá vou eu!

logo_fmept

Amanhã, dia 24 de novembro de 2009, estarei em Brasília, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, participando do Fórum Mundial de Educação. Às 14 horas vou palestrar sobre “Solução de problemas em projetos objetivos e práticos” para apresentar o conceito de PBL – Problem-based learning (Aprendizagem Baseada em Problemas). Um conceito com mais de 40 anos de idade obviamente não vai ser lançada por mim, mas apenas provocada, já que na grande maioria das nossas entidades educacionais ainda persiste o método de ensino em que o professor sabe tudo e derrama generosamente seu conhecimento nas mentes puras dos alunos. No PBL isso não acontece, a ideia é apresentar um problema antes de apresentar a teoria, e com base nisso trabalhando em grupos os alunos vão agregando conhecimento próprio com conhecimento orientado pelo professor – que nesses casos atua como tutor – para buscar as melhores soluções para os problemas.

 

AEAD com o Eduardo

Travei contato com essa metodologia com um sujeito do Rio Grande do Sul, o generoso e dedicado Bruno Marques da Rocha Perin. Fui até Santa Maria fazer uma palestra para o pessoal do AEAD (na foto ao meu redor, esse monte de gente bonita e trabalhante) e ele viu que tínhamos ideias comuns entre nós e incomuns frente ao mundo, com base nisso me apresentou um trabalho que vinha desenvolvendo com os professores Guerino Torin e Dra. Lucia Madruga, o “Projeto Além do Limite”. E nessas prosas internéticas, facilitadas pela conectividade da web, ele me apresentou e me educou sobre o conceito do PBL. E eu fiquei empolgado!

Na minha turma de Planejamento Estratégico, na UniAnhanguera, eu venho aplicando o conceito do PBL de forma mista, tentando lentamente fazer com que o currículo tradicional da matéria se dobre a atualidade e agressividade do PBL e do mercado. Para tanto venho contando com o apoio da coordenadora Professora Vânia Dourado e da diretora Professora Flávia Maciel, que também são um tanto rebeldes e revolucionárias, e que sabem da urgência que temos de preparar melhores profissionais para o mercado. Esse é nosso desafio cotidiano e nosso barato de sempre.

Pois então, com esse tanto de gente boa participando da história e povoando meus pensamentos, amanhã estarei contando minhas experiências e também discutindo o conceito com um monte de gente boa do mundo inteiro. Mais uma oportunidade para crescer, aprender e evoluir.

Nos falamos depois!

 

Há braços!

 

 

Eduardo Mesquita

eduardo@ideiadiferente.com

@eduardoinimigo – twitter

 

O Fórum Mundial de Educação (FME) é um movimento pela cidadania e pelo direito universal à educação. Em novembro de 2009, o FME terá pela primeira vez uma versão dedicada à educação profissional e tecnológica. O Brasil será sede do evento, que acontece entre os dias 23 e 27 de novembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, capital federal do Brasil.

Estudantes, professores, pesquisadores, trabalhadores, governos, sindicatos, associações e pessoas da sociedade civil organizada de todo o mundo integram o público do Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica (FMEPT). A expectativa é que 15 mil pessoas circulem pelo evento. A programação será dividida em três eixos temáticos. O primeiro trata de educação, trabalho e desenvolvimento sustentável; o segundo é sobre educação, culturas e integração e o terceiro discutirá educação, ética, inclusão e diversidade.

 

Programação completa

http://sitefmept.mec.gov.br/images/stories/pdf/jornal_portugues.pdf

 

Apresentação

http://sitefmept.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=145&Itemid=97&lang=br

 

Atividades autogestionadas

http://sitefmept.mec.gov.br/images/stories/pdf/deflistaautogestionadas1.pdf

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *