Ainda mulheres…

No post abaixo eu coloquei o banner de divulgação da palestra que fiz na TecnoShow da Comigo em Rio Verde versando sobre as “Mulheres no Agronegócio”. Uma realidade inconteste que a presença feminina traz mudanças para todas as áreas em que elas se lançam, e se lançam de corpo, alma e coração.

A palestra foi sensacional. Digo, não a palestra em si (seria leviano e prepotente jogar confete assim em minha própria palestra), mas a presença, a organização, o local e o conjunto da obra. A quantidade de pessoas presentes na plateia me surpreendeu, confesso. Uma segunda-feira, início de tarde, esse não é o horário mais popular da existência para palestras, porém o auditório ficou lotado e no horário marcado. Sem atrasos! 99% da plateia composta de mulheres, todas envolvidas com agronegócio e em busca de informações.

A resposta da plateia foi intensa, e muito disso eu credito ao nível da organização da palestra, conduzida por Siomara Martins e sua equipe do RH da Comigo. Condições ideiais para o trabalho, seriedade, cuidado e compromisso foram as marcas principais desse momento. Além disso tudo ainda tive o apoio generoso e competente de João Ferreira, sócio-diretor da SIA Consultoria, que me conduziu ao local da palestra, me ciceroneou por todo o evento, me apresentou o local e tirou fotos ainda durante a palestra. Muito mais que apoio, foi quase patrocínio.

E como se tudo isso fosse pouco, ainda tive a grata satisfação da resposta das pessoas que foram informadas da palestra pelo Facebook e por email. Muita gente comentando sobre o tema, a importância e necessidade do mesmo e somando a tudo isso ainda ganhei um presente. Um email do psicólogo, meu amigo e cliente Fabrício Maurício de Oliveira (na foto ao lado, que escreve no http://batalhainterior.blogspot.com.br/), Gestor de Pessoas da Goiasa Alcool e Açúcar, com um texto de bela sabedoria e precisa escolha de palavras. Pedi e ele me autorizou, e coroando um mês em que o tema “Mulheres” foi tão presente em minha carreira, segue abaixo o belo texto do cidadão de bem, Fabrício Maurício de Oliveira.

Mulheres, olha o que vocês provocam.

QUE ASSIM SEJAM SEUS DIAS MULHERES

Nos idos do século XIX em 08 de março de 1858, caminhavam em uma floresta de uma cidade norte americana o Mestre e sua Jovem Aprendiz.

– Porquê a Mulher tem o seu dia especial e o homem não Mestre? Perguntou a jovem ao sábio, intrigada com aquele 8 de março.

– A Mulher é a Mãe deste Mundo que parece estar órfão de tantos valores minha Jovem.

– Se somos Mãe, os homens são Pais, qual é o dia do homem? Insistiu a Jovem, não concordando com sua “condição especial”.

– Até então Minha Aprendiz, o Homem por sua força física impôs ao mundo que todos os dias são só seus. Foi a percepção da delicadeza que a humanidade precisava para ser menos dura, que contribuiu para este primeiro passo. Hoje Vocês tem um dia, amanhã dois e em breve todos os dias serão de todos.

Ela percebendo que sua condição não era tão especial como imaginava se decepcionou e retrucou:

– Ora, assim sendo não quero mais esperar, quero agora o que é meu por direito!

– Querida, pensando assim será como os homens. O mundo precisa desta poesia que falta nos dias atuais de tanta objetividade e pressa.

– Porque precisamos esperar tanto?

– É a calma e tranquilidade de Vocês Mulheres que equilibra as tantas exigências por horas e datas que imperam nos tempos modernos. Seu valor está especialmente na paciência e resiliência nesta Terra de tudo prá ontem.

– Mas foi exatamente a quebra desta paciência bovina que carregamos até o presente momento da humanidade, no mesmo dia do ano passado (08 de março de 1857), quando nos rebelamos buscando igualdade e melhores condições de vida, que fez instituir este nosso dia. Foi exatamente isto que nos fez sermos vistas e tratadas como especiais e portanto iguais. Homens e Mulheres, cada qual com suas características, virtudes, potencialidades, bem distintas, mas não melhores e piores, iguais!

Nesta hora o Mestre aprendeu com sua Aprendiz e só então pode assimilar honestamente em seu interior masculino o valor feminino. Deste dia em diante, definitivamente, sem mais esperas e delongas, a posição da mulher mudou drasticamente e Homens e Mulheres passaram a ser exatamente iguais e a ter o mesmo respeito do Universo!

…Que assim seja!…

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *